EXTREMOS POR EMERSON C MATOS


  

E quando os extremos, permeiam a nossa vida, em toda a sua intensidade, assim como os bons, também os ruins, devemos ter a devida cautela em trabalhar com eles.
Sempre quando eles acontecem, é sinal de que algo está errado, sim, até o exagero, o excesso de "coisas boas" quando acontecem em nossa vida, pode ser o prenuncio de uma grande queda, ali na frente, haja visto que "subimos" até o extremo da questão, portanto a sua queda, terá a mesma intensidade.
O mais correto a ser feito nessas horas, é parar e pensar.
Onde erramos?
Qual o momento exato em que desviamos da rota?
E agora, o que devemos fazer?

São assuntos sérios, que devem ser abordados de forma clara e lúcida, com a certeza de que, somos os responsáveis pelas derrotas e os sucessos acontecidos em nossas vidas, e também a sua contra parte, ou o retorno para a situação reversa.

Por Emerson  C Matos