5 VERDADES QUE VOCÊ NÃO SABE, SOBRE JESUS CRISTO...


Jesus não era pobre: pelo contrário, sua árvore genealógica chega até a dinastia de Davi, um dos homens mais ricos da história bíblica. A confusão pode se dar pela imagem de seu nascimento em um presépio, mas isso nada teve a ver com pobreza. Exatamente no dia em que Maria iniciou o trabalho de parto, acontecia em Belém um censo para enumerar todos os que tinham posses na cidade. Ela estava tão cheia e agitada que não encontraram outro lugar para dar à luz senão os fundos de uma estalagem. 


Os reis magos não foram ao seu nascimento: Melchior, Gaspar e Baltasar também não estiveram no presépio neste dia. Eles logo viram a Estrela do Oriente, o sinal de que o Messias havia nascido, mas só chegaram a Belém, com seus presentes, dois anos depois. 



Jesus foi criado em Nazaré, uma cidade pequena e desprezada: Nazaré tinha entre 200 e 400 habitantes quando José, Maria e o menino Jesus chegaram lá, fugindo da matança ordenada pelo rei Herodes. A cidade aparece apenas no Evangelho de João, do Novo Testamento, e em forma de piada: um homem ouve que o Messias é “Jesus de Nazaré” e se pergunta: “Pode sair algo bom de Nazaré?”. 



Jesus não era carpinteiro: o termo grego que designava a profissão de Jesus é tekton. Apesar de sua tradução mais comum ser “carpinteiro”, atualmente, estudiosos explicam que se referia a um artesão ou pedreiro – um trabalho duro que envolvia a construção de alojamentos e o carregamento de ferramentas e materiais pesados. 



Os soldados que o crucificaram brigaram por sua túnica: Jesus vestia uma túnica de linho sem costura, de um só tecido de cima a baixo, uma que somente os homens ricos utilizavam. Seu valor era tanto que, depois de crucificá-lo, os soldados apostaram para ver quem a levava.