Humor cigano- Quando o santo não bate